Resenha: Só para fumantes | Julio Ramón Ribeyro

Nunca tinha ouvido falar do peruano Julio Ramón Ribeyro (1929-1994). Até onde eu sei, Só para fumantes é a primeira aparição do autor no Brasil. Esta coletânea de contos nem mesmo existe em língua espanhola: trata-se de uma seleção de contos publicados em diversos livros diferentes, publicados entre 1955 e 1992. Ou seja, até hoje o autor nem mereceu uma obra sua traduzida na íntegra.

JulioRamonRibeyro

Baseada nos contos deste livro, posso dizer que não entendo como não temos mais dele por aqui. Sim, gostei muito.

Os contos de Ramón Ribeyro são atordoantes. Tratam do ordinário, do cotidiano; seus personagens são pessoas sem brilho, em muitos casos à margem da sociedade. Gente invisível em situações medíocres: uns desempregados, um poeta fracassado, gente que vive de lixo… Todos com sonhos – ou mais bem dito, ilusões tanto de um futuro, quanto do passado. Isto é algo especialmente interessante nos personagens de Ramón Ribeyro, pois tratam-se de pessoas que não apenas criam expectativas para o futuro, mas que vivem muito do passado; passado este criado, recriado, distorcido e adequado aos desejos, ilusões, medos e fantasmas do presente.

SóParaFumantesTemática constante também é a da cidade. O autor concentra-se sobretudo em centros urbanos (na maioria dos casos, Lima), evidenciando aspectos da vida urbana, denotando em muitos momentos os problemas da modernização no Peru (e poderíamos pensar, na América Latina como um todo): o desemprego, a criação das favelas, os lixões, etc. Também evidencia a fluidez da cidade, a mudança constante, o ritmo mais corrido.

Os contos buscam as mesquinharias humanas, a desilusão, o deboche e a humilhação – provocam sentimentos de nojo e pena. Entretanto, terminam sempre em tom positivo, com uma esperança. Invariavelmente esta esperança é baseada em algo pequeno, insignificante mesmo, o que nos faz pensar sobre os nossos desejos e nossos mecanismos para buscar a felicidade: nossos sonhos e expectativas mudam de acordo com nossas perspectivas.

Esta coletânea de contos de Julio Ramón Ribeyro eu um tapa na cara. Eu até queria dizer mais do que isso, mas sinceramente não consigo.

***

Os contos aqui reunidos foram publicados originalmente em vários livros diferentes. Este item trata-se de uma edição publicada, até o momento, somente no Brasil.

Título: Só para fumantes
Ano de publicação: 2007
Editora: Cosac Naify
304 páginas

Anúncios

5 ideias sobre “Resenha: Só para fumantes | Julio Ramón Ribeyro

  1. Eduarda Sampaio

    Nossa, Olivia. O livro parece ser incrível! Gostei muito dos temas dos contos. Mas por que só três estrelas?
    Beijo! ^_^

    Resposta
    1. Olivia Autor do post

      Desesperei aqui pensando onde diabos eu tinha dado três estrelas. No Goodreads ele está com cinco! Mas entendi, tenho que mudar a formatação dos posts… Aquilo ali são só asteriscos para separar o texto dos dados do livro e edição. Depois vou dar uma arrumada, Duda, bom saber que pode provocar esse tipo de confusão. Hehehe. Besos!

      Resposta
  2. Maira

    Gente…que engraçado…pouquíssimo se fala dele mesmo. E muito curioso o fato dos contos nunca terem sido reunidos. Adorei seu texto…deu vontade correr pra ler o livro. E vou…asim que rolar uma promoção, rs.
    Bj grande, Olívia!

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s