Leituras do mês | Março 2015

Março foi um mês tenso. Já começo dizendo que não concluí leitura nenhuma. Comecei umas, acumulei, intercalei com leituras para os estudos, desejei começar mais livros ainda… E finalmente tomei uma decisão: é preciso foco. O plano é, portanto, finalizar as leituras em andamento e escolher com mais cuidado os livros no futuro, até mesmo para eu cumprir meus propósitos de ler certas coisas que eu havia selecionado. Então vamos lá.

Lendo:

Leituras em andamento março/abril 2015

Anna Kariênina
É verdade que não avancei uma linha desde a última retrospectiva mensal, mas ainda considero que esta é uma leitura em andamento. É muito improvável que eu leia muito dele em abril, visto que tenho outras coisas que pretendo terminar, e também trata-se de um livro muito difícil de carregar.

Os trabalhadores do mar
Já deixei de lado, perdi, encontrei de novo e nada de terminar.

Far from the madding crowd
Neste eu estava indo até bem, mas acabei substituindo a leitura dele por outro livro que eu pretendia concluir ainda em março. Não deu certo, mas ainda quero finalizá-lo neste mês para pegar a estreia da adaptação cinematográfica.

Little women
Leitura conjunta com a Michelle do blog Resumo da Ópera, como parte do Desafio do Skoob (que acontece no Facebook). Nenhuma de nós duas conseguiu terminar, mas teve mais gente lendo e é possível encontrar algumas resenhas, como a da Aline Aimée do Little Doll House.

Ficciones
Para deixar de ter vergonha na cara, resolvi começar finalmente a ler livros para o projeto (até agora apenas anunciado) Por que ler os clássicos. Trata-se de um livro curto, de contos, mas de maneira alguma simples. Em um dia que tinha que pegar um ônibus para o outro lado da cidade carreguei esse livro pensando em praticamente terminá-lo e, surprise surprise, terminei UM mísero conto.

Contos de auto ajuda para pessoas excessivamente otimistas
Este, sim, é um que eu poderia ter terminado. (Resolução: sair da frente deste computador ao terminar este post e finalmente finalizar essa leitura.) E mais ainda: eu deveria ter lido há alguns meses atrás, visto que se trata de um presente do próprio autor que é meu amigo! (Estou me sentindo um péssimo ser humano neste momento.)

Como é possível perceber, na fúria de abraçar o mundo, representado pelas minhas estantes, eu fui começando e começando livros até chegar à incrível marca de seis leituras simultâneas. E é chegado o momento do basta. A intenção agora é, portanto, finalizar cinco livros (a exceção fica por conta de Anna Kariênina) para poder partir para outras leituras, as quais pretendo planejar com mais cuidado para dar conta de ler mais mulheres, os autores que desejo conhecer ou conhecer mais em 2015 e avançar no projeto Por que ler os clássicos.

Anúncios

7 ideias sobre “Leituras do mês | Março 2015

  1. Maira Neves

    Ei, Olívia! Nossa, sei muito bem o que é isso…essa angustia de quer já ter lido os livros que temos. Se não tenho leituras em andamento tenho livros estocados de sobra…o plano esse ano é só comprar o que vou ler de imediato e ler o que tenho aqui 😬😆
    beijo grande!

    Resposta
    1. Olivia Autor do post

      Oi, Maira!
      Fica tenso, ne? Eu ate tenho conseguido comprar bem menos, mas de vez em quando aparece algo muito irresistível (tipo livros da Cosac a 10 reais) e eu acabo comprando um aqui e outro ali. Mas o principal é ter foco para conseguir realizar certas leituras que queremos, né, senao ficamos muito à deriva…
      Vamos todos nos ajudando nessa empreitada! 😉
      Beijos!

      Resposta
  2. Lulu

    Nem consegui participar da leitura de Mulherzinhas U_U *lamenta* Espero que com o lançamento do filme alguma editora publique Far from the Madding Crowd em português. Eu pelo menos não achei tradução =/
    Olivia, não se cobre tanto. Talvez esta cobrança lhe atrapalhe. Caso a leitura não flua, deixe o livro em modo de espera, leia / veja outras coisas que esteja com mais vontade e depois retorne. Pode funcionar 🙂
    Ah, antes de ir, adorei sua foto de Branca de Neve. Muito fofa!
    Beijos!

    Resposta
    1. Olivia Autor do post

      Oi, Lulu!
      Eu até sou tranquila em relação a ler mais devagar. Eu sei que tenho momentos mesmo, tem uns momentos que avanço muito nas leituras, em outros não (por vários motivos, desde genuína falta de tempo até zero vontade de ler). Só que percebi também que essa variedade de livros não lidos que tenho, algo inédito na minha vida, pois sempre fui usuária de bibliotecas, acaba fazendo com que eu não coloque esforço nenhum em terminar leituras. Por isso a decisão de focar mais neste momento em terminar o que comecei, principalmente porque se e avancei tanto nos livros (estão todos pra metade ou mais) é porque a leitura estava fluindo.
      Ah, muito obrigada! Era fantasia de carnaval. =)
      Será que lançarão edição em português? Eu realmente procurei muito, mas só vi vestígios de uma edição da Europa América, se não me engano, de Portugal. Esse era um que eu teria dado preferencia em português, o inglês dele achei mais difícil de entrar.
      Beijos e muito obrigada pelo comentário! =)

      Resposta
      1. Lulu

        Que bom! Fico tranquila por saber que o texto me passou uma aflição que não existe. Olivia, eu também leio devagar e tem momentos que a leitura flui melhor e outros não. Normal, não me incomodo com isso. Agora eu só consigo ler um por vez. Ou seja, preservo a moral e os bons costumes literário >_< Sobre o “não coloque esforço nenhum em terminar leituras” tenho três sugestões: 1ª) pense no investimento ($); 2ª) crie uma meta de ler tal título em X dias / semanas / meses; ou 3ª) só prosseguir para outro combo de livros quando concluir todos do combo anterior.
        Estou torcendo para que publiquem. O filme de 1967 é conhecido e terá agora o lançamento de outra adaptação. Eu vi na Wook esta edição portuguesa, mas espero que por aqui alguma editora se anime. Vamos torcer! 🙂
        De nada! Beijos, Olivia!

  3. Michelle

    Não tenho o hábito de ler muitos livros ao mesmo tempo (geralmente leio um romance e um de contos ou algum quadrinho simultaneamente), então não fico com muitas leituras começadas (exceto o “Mulherzinhas”, ai, que vergonha!!!). Até que estou mantendo o ritmo de leituras, mas fico angustiada porque não estou conseguindo escrever. Enfim… paciência.
    As dicas da Lulu são muito válidas.
    Boa sorte com suas leituras!
    bjo

    Resposta
    1. Olivia Autor do post

      Então, Michelle, agora estou tentando diminuir o tanto de livros lidos ao mesmo tempo, concentrando em um ou dois de cada vez mesmo, porque fica complicado. Escrever também é um problema pra mim. Eu queria muito começar a publicar mais resenhas, porque acaba que o blog fica meio sem norte desse jeito e eu criei ele em parte para me ajudar a falar e escrever sobre minhas leituras – e isso nao está acontecendo.

      Lulu, to justamente nessa de concentrar no combo atual. Meu problema é determinar numero para acabar, porque meu semestre está tão cabuloso e toda hora aparece uma coisa nova pra fazer. Estou é tentando espremer as leituras em alguns intervalos que eu sei que nao serão produtivos. Quando começo a perceber que ja estou ha muito tempo tentando fazer algo e não está indo pra frente, largo e vou pra leitura de diversão. Vamos vendo, vamos vendo… Muito obrigada pelas dicas!!! =)

      Beijos, meninas!

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s